As Transferências Constitucionais injetaram R$ 77.670.845,00 nos municípios do litoral norte em outubro. As transferências constitucionais consistem na distribuição de recursos provenientes da arrecadação de tributos federais ou estaduais, aos estados, Distrito Federal e municípios, com base em dispositivos constitucionais.

Fazem parte desta distribuição o Fundo de Participação do Municípios, Fundeb, Fundo Especial do Petróleo, Royalties do Petróleo, Simples Nacional, Imposto Territorial Rural, entre outros.

Osório é o município que recebeu a maior fatia, seguido de Tramandaí e Capão da Canoa. Os menores valores ficaram com Morrinhos do Sul, Três Forquilhas e Itati.

Confira os valores recebidos pelos municípios do litoral norte:

Arroio do Sal: R$ 2.022.903,15

Balneário Pinhal: R$ 2.856.789,25

Capão da Canoa: R$ 8.507.258,30

Capivari do Sul: R$ 1.345.767,62

Caraá: R$ 1.252.662,75

Cidreira: R$ 4.307.133,40

Dom Pedro de Alcântara: R$ 912.256,07

Imbé: R$ 6.047.111,56

Itati: R$ 1.134.695,55

Mampituba: R$ 1.148.254,73

Maquiné: R$ 1.254.729,92

Morrinhos do Sul: R$ 952.182,36

Mostardas: R$ 2.770.830,94

Osório: R$ 11.245.220,04

Palmares do Sul: R$ 3.186.145,73

Santo Antônio da Patrulha: R$ 4.995.446,88

Tavares: R$ 1.405.700,15

Terra de Areia: R$ 2.071.871,68

Torres: R$ 4.920.531,34

Tramandaí: R$ 8.921.251,58

Três Cachoeiras: R$ 1.815.965,38

Três Forquilhas: R$ R$ 961.339,72

Xangri-Lá: R$ 3.005.529,92

Com informações do Tesouro Nacional