Os comandantes regionais da Brigada Militar, de todas as áreas do estado, estão reunidos em Capão da Canoa, desde a tarde desta quarta-feira (01/12) e seguem até o final da quinta (02), com a presença do comandante-geral da Corporação, coronel Vanius Cesar Santarosa. O encontro acontece no complexo da Fazenda Acqua Lokos, com pauta que abrange a realização da Operação Golfinho nos litorais Norte e Sul, além de assuntos relativos aos departamentos de Ensino, Administrativo, de Logística e Patrimônio, e das Seções de Inteligência e de Recursos Humanos da Brigada Militar.

O comandante do CRPO Litoral, coronel Leandro Luz, anfitrião do encontro, deu as boas-vindas aos oficiais e ao prefeito de Arroio do Sal, Affonso Angst; ao vice-presidente da Câmara de Torres, vereador Rafael Silveira, e ao chefe de gabinete da prefeitura de Torres, Douglas Rocha, presentes na abertura da reunião.

O subcomandante-geral, coronel Claudio dos Santos Feoli, e o chefe do Estado-Maior, coronel Rogério Stumpf, destacaram determinados pontos da pauta.

O comandante-geral, coronel Santarosa, salientou que o Litoral foi escolhido para a reunião mensal dos comandantes regionais porque, em breve, iniciará a Operação Golfinho, que envolve o deslocamento de efetivo de diversas Unidades da Corporação para os municípios de praia. Ele afirmou que a população no Litoral Norte aumentou em 20% em decorrência da pandemia, que fez muitas pessoas se mudarem de variados locais do estado para a região, e a Brigada Militar fará o contraponto com acréscimo de policiais militares.

O prefeito de Arroio do Sal afirmou que “melhoraram drasticamente os índices de criminalidade no Litoral” e destacou a parceria existente entre o Executivo e a Brigada Militar. Lembrou que está em desenvolvimento o projeto de instalação de um porto no município e, mais uma vez, o trabalho da Brigada Militar será importante diante dos impactos do empreendimento.
Além dos comandantes dos Comandos Regionais, participam da reunião os comandantes dos Comandos Rodoviário (CRBM) e Ambiental (CABM), dos Batalhões de Operações Especiais (Bope) e de Aviação (BAvBM) e os diretores de Departamentos da Brigada Militar.

Fonte: CRPO Litoral