O munício de Balneário Gaivota, Extremo Sul Catarinense, conseguirá gerar Carteiras de Identidade. A instalação de equipamentos para a confecção de Carteira de Identidade (RG) em Balneário Gaivota, é fruto de um acordo de Cooperação Técnica com o Estado de Santa Catarina, por meio do Instituto Geral de Perícias (IGP), que visa descentralizar a atividade de inserção de dados de identificação civil, preliminar à emissão de cédula individual de identificação.

A partir de agora será usado o leitor biométrico para digitais, não será mais necessária à utilização de tinta (somente para bebês até 3 anos e idosos). As fotos serão tiradas na hora pela webcam. Os dias de retirada serão reduzidos de 30 para 15 dias. O servidor público não precisará mais se deslocar para Sombrio para protocolar as carteiras, assim o atendimento no setor será de segunda à quinta-feira. Para fazer a primeira identidade, não há custo, já para fazer a segunda via são desembolsados R$ 41,00 reais.

Conforme o Secretário da Junta do Serviço Militar, Alex Barros e o responsável pelo setor de Identificação, João Vitor, todo o processo para instalação e compra dos equipamentos passou pelo aval da Câmara de Vereadores.

“Desta forma o município será referência em emissão de Carteira de Identidade, com equipamento biométrico e webcam, 100% digital”, pontua Barros.

Os responsáveis pelo setor receberam um treinamento para realizar o serviço, oferecido por um auxiliar criminalístico do IGP de Sombrio.

Produção de 200 cédulas ao mês

De acordo com a prefeitura do município, o Setor de Identificação de Balneário Gaivota, que funciona anexo à Junta do Serviço Militar (JSM) está produzindo semanalmente 50 documentos de identidade e a demanda está sendo grande devido a chegada de novos moradores que chegam de todas regiões do Brasil.

Documentos para a confecção da RG

– Certidão atualizada em perfeito estado de conservação, com selo de autenticidade;
– Se solteiro(a), levar Certidão de Nascimento
– Se for Separado(a), Divorcidado(a) ou Viúvo(a), levar Certidão de Casamento com a devida averbação
– Menores de 16 anos devem estar acompanhados de pai ou mãe.



Fonte: Assessoria de Comunicação de Balneário Gaivota
Imagem: Ilustrativa