Desde o início de dezembro a Polícia Rodoviária Federal vem intensificando as fiscalizações voltadas à alcoolemia ao volante. As ações são parte do Programa Rodovida, e ocorrem diariamente em todo o estado através de operações conjuntas com órgãos estaduais e municipais.

Operações com o uso do bafômetro vêm sendo intensificadas desde o início de Dezembro, seguindo até o fim do Carnaval. Em conjunto com os diversos órgãos de trânsito, elas ocorrem nas rodovias e também dentro das cidades, e têm como objetivo principal a redução de mortos e feridos no trânsito.

Entre o final da noite de quinta-feira (16) e o início da madrugada de sexta-feira (17), foi realizada uma grande operação na BR 116 em São Leopoldo. Aqueles que transitavam pela rodovia eram fiscalizados, assim como os que tentavam desviar, já que havia pontos de fiscalização, também, nas ruas adjascentes.

Com a participação da Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar, Polícia Civil, DETRAN-RS e Guarda Municipal de São Leopoldo, a operação teve a finalidade de interceptar motoristas embriagados e também de educar e concientizar sobre os perigos da ingestão de bebidas alcoólicas associada à direção.

Os trabalhos continuarão nos próximos dias para que as viagens, típicas da época de Natal, Réveillon e Carnaval, sejam seguras para todos os usuários do trânsito.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, dirigir sob a influência de álcool gera para o condutor uma multa de R$ 2.934,70 (valor esse que pode ser dobrado no caso de reincidência no período de 1 ano), além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

E, caso a quantidade de álcool detectada seja superior ao limite considerado para simples infração de trânsito, o condutor também incidirá em crime de embriaguez ao volante, o que acarreta sua prisão em flagrante.

Fonte: Ascom PRF