Na última terça-feira, 11 de janeiro, um lote de vacinas contra Covid-19 que possuía 27 mil doses destinadas a segunda aplicação foi completamente inutilizada por conta de um erro na temperatura de armazenamento durante o transporte de Porto Alegre a Osório.

As vacinas seriam destinadas aos municípios do Litoral Norte e saíram do Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi) da Secretaria da Saúde (SES), em Porto Alegre, em direção à 18ª Coordenadoria Regional de Saúde, em Osório.

Em contato com a central de jornalismo da Rádio Maristela, a coordenadora da 18ª Região, Janete Teixeira não respondeu se o problema de refrigeração foi mecânico ou causado por falha humana, explicando que a remessa foi devolvida ao Ceadi que iria avaliar o ocorrido.


Foto capa: Ilustrativa / SES