O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia promoveu uma ação intensiva em silos de armazenagem de grãos em cidades da região de Tramandaí, como Capivari do Sul, Palmares do Sul, Mostardas e Tavares.

De acordo com estudos vinculados à Subsecretaria de Inspeção de Trabalho, responsável por compilar dados de acidentes de trabalho fatais relacionados aos processos de pós-colheita, destacaram-se as operações de movimentação de grãos entre compartimentos, as atividades de limpeza e descarga final de silos, as manutenções e as montagens das estruturas de armazenamento de grãos.

“Com o crescimento da produção ano após ano, criou-se a necessidade de aumento na capacidade de armazenagem desses grãos. O correto armazenamento e manuseio dos grãos deve sempre receber atenção especial, já que têm relação direta com a segurança dos trabalhadores, sujeitos a diversos riscos. Por isso, ações fiscalizatórias são sempre bem-vindas e de fundamental importância para a nossa e qualquer região”, afirmou o inspetor-chefe de Tramandaí, engenheiro Marcelo André Plewinski.

Com 6 agentes fiscais envolvidos, a ação verificou 201 unidades armazenadoras (14, em Tavares; 44, em Capivari; 56, em Palmares do Sul; e 87 em Mostardas), da qual foram emitidos 181 Termos de Requisição de Documentos e Providências.

“Foram solicitadas as responsabilidades técnicas das seguintes atividades: manutenção do secador, plataforma flexível, manutenção elétrica e segurança do trabalho”, ressaltou Plewinski.

Foto: Crea RS



Fonte: Crea RS