Após duas ocorrências de homicídios, em Torres, em menos de 24h, uma no sábado à noite, 13, e outra no domingo pela manhã, 14, policiais militares, por meio de informações anônimas pelo 190, deslocaram guarnição, na noite deste domingo, 14, até o local onde estariam os suspeitos.
De acordo com o Capitão Fábio Hax Duro, os presos chegaram a admitir serem autores do homicídio do sábado, por volta das 19h, que vitimou o comerciante da Praia da Cal, Edevaldo Borges de Freitas, o Baixinho, e que existe a suspeita de estarem envolvidos também no homicídio do domingo, no qual Aloísio Regis Smodis foi morto a tiros de armas de fogo, por volta do meio-dia, mas somente com a perícia das armas apreendidas se chegará a uma conclusão oficial.
De acordo com informações da Brigada Militar de Torres, na rua Tancredo, no bairro Centenário, os policiais abordaram os suspeitos em uma cabana, onde foi apreendido uma arma calibre 12, um revolver calibre 38, drogas, munições calibres 762, 12 e 38, além de uma quantia de drogas.
Um dos homens presos estava com mandado de prisão em aberto. Ambos possuem antecedentes policiais.
Até o momento, os nomes dos suspeitos não foram informados.
Caso tenha informações sobre os casos, DENUNCIE pelo 190.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Brigada Militar de Torres