Segundo informações extra oficiais, mulher envolvida em assassinato de Miguel dos Santos Rodrigues, de 7 anos em Imbé, no Litoral Norte Gaúcho, teria tentado suicídio dentro de cela, no presídio de Torres na tarde desta segunda-feira, 02 de agosto. A mulher teria se ferido, e dado entrada no Pronto Atendimento do município.

Atualmente, encontram-se presas na penitenciária feminina de Torres a mãe do menino, Yasmin Vaz dos Santos Rodrigues, de 26 anos, que foi presa na última sexta-feira, 30 de julho, por suspeita de matar o filho e jogar o corpo em um rio, que desemboca no mar no município de Imbé, e a sua companheira, Bruna Nathiele Porto da Rosa, de 23 anos, também suspeita de ter torturado e assassinado o garoto. Relembre o caso aqui. A redação de Rádio Maristela não obteve confirmação de qual das suspeitas teria realizado a tentativa de suicídio.

A chefia de segurança do presídio de Torres não confirmou as informações. De acordo com a chefe do presídio, Marlene Schefer, ocorrências internas do presídio não podem ser divulgadas sem autorização de delegado penitenciário. Equipe do Pronto Atendimento (PA) também não confirmou as informações.

Procurado pela central de jornalismo da Rádio Maristela, o secretário de saúde de Torres, Cláudio Paranhos, informou não poder confirmar as informações, pois segundo ele, é uma conduta ética de serviço de saúde, não poder confirmar a patologia de pessoas atendidas em serviços públicos de saúde.