Criado em 2019, o novo modelo de concessões de parques nacionais do Ministério do Meio Ambiente (MMA) concluiu ontem, quinta-feira,12 de agosto, a concessão de dois parques nacionais: Aparados da Serra e Serra Geral (RS/SC).

Com a assinatura do contrato entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a empresa Construcap, vencedora da concorrência, o parque está oficialmente concessionado e já pode começar a receber os investimentos em instalações e serviços, estimados em R$ 260 milhões.

Apoiada pelo Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), a concessão marca a diversificação da agenda de concessões do Governo Federal, contribuindo para a conservação ambiental sob rigorosos critérios de sustentabilidade. O desenvolvimento do ecoturismo faz parte da estratégia do MMA para a conservação ambiental, alinhada à geração de emprego e renda.

Os parques de Aparados da Serra e Serra Geral, localizados entre os municípios de Cambará do Sul (RS) e Praia Grande (SC), conservam campos e penhascos de mata atlântica que abrigam papagaios-de-peito-roxo e jaguatiricas. Um dos maiores cânions das américas, o Itaimbezinho é um dos grandes atrativos do complexo, que tem cânions com profundidades de até 1.000 metros.

Sob o novo modelo do MMA, o concessionário fica responsável pela revitalização, modernização, operação, manutenção dos parques, bem como por serviços de apoio aos turistas, incluindo alimentação, estacionamento e segurança. Com isso, os órgãos ambientais podem ter foco em sua missão primordial, que é a de proteger o meio ambiente.

Fonte: Gregório Silveira / 4oito