O Rio Grande do Sul atingiu, ontem, quinta-feira (02/09), o índice de 70% de vacinação contra Covid-19, com pelo menos uma dose, da população em geral. Às 14h, 7.661.089 pessoas tinham recebido a dose inicial. Ou seja, sete em cada dez gaúchos já contam com pelo menos a proteção parcial contra a doença. O número equivale a 89% da população considerada vacinável – todos os adultos e adolescentes com comorbidades acima dos 12 anos.

A segunda dose, que oferece uma proteção mais completa, já foi aplicada em 3.912.609 pessoas, segundo o Painel da Vacinação da Secretaria Estadual da Saúde (SES). Outras 298.332 pessoas foram imunizadas com dose única da vacina da Jansen. No total, 37% da população em geral e 47% das pessoas que podem ser vacinadas já estão totalmente protegidas contra a Covid.

Com base em campanhas de vacinação anteriores, especialistas apontam que a imunização de 89% da população é eficiente contra a epidemia de Covid. Por isso, a secretária adjunta da Saúde, Ana Costa, destaca a necessidade de a população buscar a segunda dose, que vem sendo aplicada. “É importante entender que a segunda dose não é reforço. É obter o melhor daquela vacina”, afirma.

Foto: Myke Sena/MS

O Rio Grande do Sul registrou em agosto 697 óbitos relacionados à doença, o menor número desde junho do ano passado. Houve ainda um recuo de 59% na comparação com julho. Com a sexta maior população do país, o Estado tem nesta quinta-feira (2/9) a 12ª média nacional de casos, com 12.390 (12,39%) a cada 100 mil habitantes.

No último mês, a média móvel de óbitos em sete dias recuou à quase metade, caindo de 0,38 para 0,21 a cada 100 mil habitantes. Na média de 14 dias também houve recuo, de 0,44 para 0,24. Esses índices estão abaixo das médias do país, que são 0,71 (sete dias) e 0,32 (14 dias).

Texto: Ascom SES
Edição: Secom